O seu projeto musical possui uma proposta de valor que realmente é interessante para a sua audiência, para seus fãs, imprensa e contratantes?

Talvez pareça absurdo esta afirmação: não se trata apenas de produzir músicas de qualidade. Navegue pelas principais plataformas de streaming e conhecerá músicas sem qualidade nas mais ouvidas e outras músicas de extrema qualidade que não alcançam 1.000 audições há mais de dois anos.

A proposta de valor é o motivo pelo qual fãs escolhem um artista em detrimento de outros. É a proposta de valor que define a escolha de uma banda e não de outra pelo contratante ou curador de festival. É a proposta de valor que chama a atenção de radialistas, produtores da TV e dos colegas de imprensa.

Mas afinal, que significa proposta de valor?

Continue comigo neste artigo para descobrir:

  • O que é proposta de valor
  • Exemplos de proposta de valor para o artistas e bandas
  • Agregação de valor

O que é proposta de valor?

Ao falar de valor precisamos sempre pensar em como “melhorar um pouco a vida de alguém”. Quando falamos de proposta de valor artístico, eu declaro que “posso melhorar um pouco a vida de alguém com a minha arte.”

Com o Learning da Gestão de Bandas, você vai melhorar o desempenho do seu projeto musical. Essa é a nossa proposta de valor para artistas como você. Para empresários artísticos, estúdios e outros profissionais, a proposta é diferente e mais abrangente.

No seu projeto musical, você pode encontrar meios de “melhorar um pouco a vida” de fãs, contratantes, imprensa e patrocinadores. Cada um de uma maneira.

Para melhorar a vida das pessoas, é preciso compreender como elas agem e motivadas por quais impulsos. A partir disso, criar uma proposta de valor que seja relacionada.

O principal impulso que os músicos conseguem entregar como ninguém é o Impulso de Sentir. O desejo de novos estímulos sensoriais, intensas experiências emocionais, prazer, empolgação, entretenimento e expectativa. Jogo de luzes, arranjos intensos, histórias narradas com melodia… São muitas propostas que podem ser construídas a partir deste impulso.

Um impulso que tem resultados fantásticos para artistas que focam em tribos é o Impulso de Formar Vínculos. Aquele desejo que temos de nos sentir valorizados e amados através de amizades e de romances. É usar o poder das redes sociais e dos shows para atrair pessoas de uma mesma tribo para se relacionarem entre si.

Existe também o Impulso de Adquirir, de obter ou de acumular objetos físicos ou qualidades como status, poder e influência. Você consegue imaginar um estilo musical que tenha como proposta de valor o impulso de adquirir objetos, poder e influência em suas canções e estilo de vida?

Existem outros impulsos, como o Impulso de Aprender, que é o desejo que você esta exercendo neste momento, ao sanar uma curiosidade ou de se tornar mais instruído e competente na gestão do seu projeto musical. Outro é o Impulso de se Defender, que é o desejo de nos proteger, proteger as pessoas que amamos e a nossa propriedade. 

Exemplos de Proposta de Valor para Artistas e Bandas

Existem vários exemplos de proposta de valor, que abordamos no curso Musicpreneur da Gestão de Bandas. Vou destacar aqui algumas ideias para você iniciar o seu processo criativo e ver como é possível a partir destas ideias, desenvolver novos modelos de negócios. 

Liderança de Tribos:

Tribos são grupos formados nas cidades e compartilham hábitos, valores culturais, estilos musicais e ideologias políticas semelhantes. Construa sua proposta de valor voltada para ser o porta voz e líder destes grupos.

Forte Carga Sentimental:

Utilizar de forte carga sentimental vai ao encontro do impulso das pessoas em sentir. Produzir conteúdos relacionados a dores comuns do seu público e transformações desejadas é a tendência que vários artistas buscam ao basear ações e reações em emoções e sentimento. Em oposição à razão.

Clipes Cinematográficos:

Com as redes sociais repletas de vídeos, uma forma de atrair a atenção das pessoas é através da produção de vídeo clipes de extrema qualidade. Ao falar de qualidade não me refiro somente a qualidade em HD, mas a direção de planos e cenas bem estruturadas, buscando a identificação com seu público e a forte carga sentimental através da interpretação artística da composição musical.

Dança:

Um ritmo dançante e/ou coreografado é uma proposta de valor muito utilizado por artistas de variados gêneros musicais. É só pensar no axé, forró, funk e sertanejo como exemplo. Além da canção, você oferece a opção da intimidade corporal a ser explorada, individualmente ou coletivamente.

Carismático:

A carisma é uma proposta de valor diretamente ligada ao impulso de sentir, já que ela é responsável por encantar e seduzir os indivíduos, despertando imediata aprovação e simpatia do seu público, facilitando o processo de engajamento e compartilhamento, dois elementos base da viralização de conteúdos via internet.

Existem várias outras formas de proposta de valor que o artista pode desenvolver, como marca, efeitos especiais e misticismo, só para citar mais três delas.

Não esqueça que a mesma proposta de valor direcionada ao público precisa ser desenvolvida para o contratante. O que diferencia você das demais bandas e artistas que querem tocar naquela casa de show ou festival?

O mesmo ocorre para empresários, patrocinadores, empresários e investidores: qual valor você agrega para eles? Como você melhora a vida deles?

Eu gosto de afirmar que ter um modelo de negócios, uma gestão financeira, capacidade de executar projetos viáveis, marketing digital e modelo comercial próprio são valores muito atrativos e que poucos artistas e bandas possuem atualmente.

Para desenvolver o seu modelo de negócios, utilize o nosso Music Model Canvas Gratuitamente para testar e validar novas propostas de valor. 

Agregação de Valor

Por que uma casa de show paga R$20.000,00 para um artista tocar por 30 minutos para um determinado público, mas não paga R$1.000,00 para você tocar por 4 horas para este mesmo público?

Quando falamos em agregação de valor, significa que você saiu da ideia de “música de qualidade” e acrescenta inovações e diferenciações daquilo que já existe no mercado e que satisfaz seus clientes.

Ao invés do artista apenas tentar vender o seu show, ele e a casa de shows estabelecem uma aliança estratégica por um objetivo comercial comum, por tempo determinado, já que o seu objetivo de ambos é justamente a lotação do espaço.

Agregar valor é anexar ao produto ou serviço musical ideias práticas com objetivos claros e fáceis de mensurar. Ao agregar valor, é preciso buscar o ganho de qualidade que seja fácil do cliente assimilar. Mesmo com pequenos detalhes é possível mostrar aos olhos dos fãs, imprensa e contraentes a potencial diferencial que o seu projeto musical possui.

Será que não é interessante para a sua tribo ter voz ativa no blog do seu projeto musical? Deixar que eles reportem o mundo na visão deles? Quem mais faz isso?

Se no momento está difícil encontrar elementos para agregar valor, busque melhorar o que já tem pronto, adicionando detalhes que pode até parecer insignificantes para você, mas que pode ser muito relevante para seus clientes. 

Aproveite para conhecer mais sobre Proposta de Valor com o nosso Material Interativo Gratuito Music Model Canvas.

Deixe um comentário que eu respondo a sua dúvida 🙂 Abraço!

Planejamento e Estratégia